poesias

PEQUENAS QUADRAS, Poemas y Poesia - Su Poema Publicado

Poema PEQUENAS QUADRAS (Leído veces)

Por Jorge Humberto


Eles não sabem nem lhes importa
Que a vida seja uma injustiça.
Se lhes batessem a cara na porta,
Talvez clamassem por justiça.

Eles não sabem o que é vagar
Neste mundo tão desfavorável.
Onde arranjar onde trabalhar
É um sacrifício sempre mutável.

Eles não sabem nem sonham
Que para o homem se realizar,
Tem de haver os que ponham
As coisas no seu devido lugar.

Eles não sabem o que é ser feliz,
Olhando o riso de uma criança.
Nem nada lhes diz,
O que é ter da vida a esperança.

Mas nem tudo está perdido
Para o homem, neste mundo
Tão inefável e ofendido,
Onde o que conta é o fatal segundo.

Assim sejamos o engrandecimento,
Que faz de nós seres altruístas.
Recolhamos todo o ensinamento,
Como se fossemos cientistas.

Eles não sabem o que é a vida,
Passando por ela condignamente.
Pois ela só nos é indevida
Se não a vivermos dignamente.

Jorge Humberto
26/08/07


Por Jorge Humberto



SerPoeta.com es la mayor comunidad de habla hispana en donde las personas publican sus poemas. Por ello nos sentimos orgullosos en dar a conocer y difundir los hermosos poemas aquí publicados.
Asimismo, debido a la creciente participación de poemas en portugués hemos implementado nuevas secciones en esta bella lengua.

SerPoeta.com es una comunidad para todos los poetas libres, aficionados o profesionales que desean publicar libremente sus poemas para compartirlos, difundirlos y dedicarlos.

Actualmente SerPoeta.com cuenta con un creciente número de personas que diariamente publican, así como un creciente grupo de miles de personas que acceden día a día a leer los poemas publicados.

SerPoeta.com respeta la redacción y ortografía de los poemas enviados considerándolo como licencias del autor o poeta.